Central do cliente
Esqueci minha senha
Home Contato
Home » Notícias
Produção industrial cai em 11 das 14 regiões brasileiras
Postado em: 05/04/2013
Produção industrial cai em 11 das 14 regiões brasileiras
Indústria de minérios de MG foi uma das que mais pesou negativamente para o estado apresentar recuo da produção industrial entre fevereiro de 2012 e 2013 (Divulgação Vale)
Das áreas que o IBGE avalia em seus estudos, apenas Goiás, Rio Grande do Sul e Santa Catarina expandiram sua produção entre janeiro e fevereiro

A produção industrial em fevereiro recuou em 11 dos 14 locais pesquisados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Na terça-feira, o IBGE informou que o ritmo da produção nacional despencou 2,5% em fevereiro - maior recuo mensal desde dezembro de 2008 quando, no auge da crise financeira internacional, a indústria do país recuou 12,2%. O número praticamente anula o avanço de 2,6% registrado em janeiro ante dezembro. Na comparação com fevereiro do ano passado, a queda é ainda maior, de 3,2%.

Entre as regiões, a queda mais significativa foi em Minas Gerais, de 11,1%, seguido por Bahia (-3,7%), Ceará (-3,2%), Pernambuco (-3,2%) e Pará (-2,5%). Também houve queda no Paraná (-2,2%), Região Nordeste (-2,0%), Espírito Santo (-1,8%), Rio de Janeiro (-1,5%), Amazonas (-1,2%) e São Paulo (-0,5%), de acordo com dados divulgados nesta sexta-feira.

Apenas Goiás (5,0%), Rio Grande do Sul (2,1%) e Santa Catarina (0,4%) conseguiram aumentar sua produção na indústria, em um momento em que o Brasil sofre com a queda de demanda internacional, diminuição das exportações e consumo interno ainda fraco.
Na comparação com fevereiro de 2012, a produção industrial nacional recuou 3,2% em fevereiro de 2013, com dez dos 14 locais pesquisados apontando queda na produção. As taxas negativas foram vistas no Espírito Santo (-13,4%), Minas Gerais (-9,8%) e Pará (-7,2%).

Nessas localidades, os setores que mais pesaram negativamente foram o de metalurgia básica (lingotes, blocos, tarugos ou placas de aços ao carbono) e alimentos e bebidas (produtos embutidos de carnes de suínos e bombons), no primeiro local; veículos automotores (automóveis), metalurgia básica e indústrias extrativas (minérios de ferro), no segundo; indústrias extrativas (minérios de ferro e minérios de alumínio) e celulose, papel e produtos de papel (celulose), no último.

Apenas Goiás (9,1%), Rio de Janeiro (3,6%), Rio Grande do Sul (2,0%) e Ceará (0,9%) mostraram expansão. Em Pernambuco (-6,0%), Paraná (-5,5%), Região Nordeste (-4,1%), Santa Catarina (-3,3%), Amazonas (-3,2%), Bahia (-2,2%) e São Paulo (-0,8%) também houve queda na produção da indústria.
Fonte: veja.abril.com.br/noticia/economia/producao-industrial-cae-em-11-das14-regioes-brasileiras
GUIA 6 ANOS
Parceiros
SEJA UM PARCEIRO!
EPIRA
SEJA UM PARCEIRO!
SEJA UM PARCEIRO!
SEJA UM PARCEIRO!
COGNITOS
SEJA UM PARCEIRO!
SEJA UM PARCEIRO!
ANUNCIE AQUI
EverNET - Sites e Sistemas Online
ANUNCIE AQUI
ANUNCIE AQUI
ANUNCIE AQUI
COGNITOS
EPIRA
 
Home Sobre o site Contato Anuncie
Valid XHTML 1.0 Transitional
Atenção: O Guia Metalúrgico não se responsabiliza pelos anúncios constantes de seu site, que são de responsabilidade exclusiva de cada anunciante
Copyright © 2012 - Guia Metalúrgico, Todos os direitos reservados. Desenvolvido pela   |