Central do cliente
Esqueci minha senha
Home Contato
Home » Notícias
5 previsões (bem otimistas) de Mantega para o Brasil de 2022
Postado em: 10/10/2013
5 previsões (bem otimistas) de Mantega para o Brasil de 2022
Guido Mantega: o governo tem um plano para o período 2013-2022, mas será preciso muito trabalho - e uma pitada de ajuda da economia mundial - para que o Brasil visto ali saia do papel

Se depender das projeções do governo propagadas pelo ministro da Fazenda nos últimos dias, o Brasil vai ter uma trajetória espetacular até 2022. Veja o tamanho do otimismo

São Paulo - Se o futuro do Brasil depender apenas das projeções do governo e, particularmente, do ministro da Fazenda Guido Mantega, os próximos 10 anos para o país serão nada menos que brilhantes. Esta é a reação mais comum a quem tem sido apresentado por Mantega às metas de longo prazo contendo a expectativa oficial - e otimista ao extremo - da próxima década brasileira. O material foi apresentado no último EXAME Fórum.

Entre outras projeções animadoras para o ciclo 2013-2022, estão um crescimento médio de 4% ao ano e um aumento de 40% no PIB per capita.

Na última década - quando, vale lembrar, a economia mundial ainda soprava favoravelmente em boa parte do tempo - este último registrou crescimento de 28%. 

A realidade cotidiana tem se mostrado dura já neste ano. O Banco Central (BC) reduziu a projeção de crescimento da economia brasileira de 2,7% para 2,5% na última segunda-feira. 

Segundo o professor Evaldo Alves, da Escola de Administração de Empresas da FGV, as metas estipuladas pelo ministro não seriam inalcançáveis. "O Brasil tem capacidade física e de recursos para alcançar esses resultados, mas a pretensão é maior que a capacidade de gestão e empenho na obtenção desses objetivos", acredita o professor. 

Para quem já teve até mesmo a demissão sugerida por publicações do exterior pelas previsões exageradas, Mantega se mantém incorrigível no grupo dos otimistas. Veja o porquê.

1 PIB crescendo 4% ao ano

Meta: Crescer 4% ao ano, em média, até 2022

Por que é otimista: Entre 2003 e 2012, o crescimento foi de 3,6% ao ano. Para 2013, a previsão do BC já é de 2,5%. 

"A janela do consumo já foi utilizada, o consumidor brasileiro já está endividado até o limite, não dá mais para crescer assim. Temos que usar a janela do comércio exterior, aumentando as nossas exportações, mas para isso o governo precisa elimar algumas restrições no campo burocrático. E ainda há o os problemas nos portos e aeroportos", afirma o professor Evaldo. 

2 Crescimento de 40% no PIB per capita

Meta: Aumentar o PIB per capita em 40%, passando dos R$ 22,4 mil atuais para R$ 31,3 mil em 2022

Por que é otimista: De 2003 à 2012, o período recente de maior crescimento econômico do país, houve aumento de 28% no PIB per capita. A economia mundial e a brasileira vivem hoje um momento bem mais delicado e os gargalos nacionais ficaram ainda mais aparentes. 

3 Investimento chegando a 24% do PIB

Meta: 7% de aumento anual no investimento para alcançar a taxa de 24% do PIB até 2022, considerada próxima do ideal por especialistas

Por que é otimista: Hoje o Brasil investe 18,1% de seu PIB. Mantega prevê que o investimento vai crescer, em média, 7% ao ano - sendo que nos últimos 10 anos a taxa foi de 5,7% - impulsionado pelos investimentos em infraestrutura, na indústria e em setores estratégicos. Mas o ambiente econômico écontaminado por maior desconfiança e insegurança no setor privado

4 R$ 1 tri em infraestrutura

Meta: R$ 1 trilhão em concessões de infraestrutura até 2022

Por que é otimista: O ambicioso plano de concessões do governo Dilma, que responderá pela maior parte deste montante, ainda terá de mostrar eficiência  

5 Fim da desindustrialização

MetaAumentar a participação da indústria de transformação de 14,6% para 16% do PIB até 2022

Por que é otimista: O Brasil passa por um processo de desindustrialização do setor produtivo. Alguns economistas apontam que o movimento inverso, além de mais raro, demanda enormes investimentos que, claro, só saem quando há confiança do empresariado no cenário econômico. 

 

 

Fonte: exame.abril.com.br/economia/noticias/5-previsoes-bem-otimistas-de-mantega-para-o-brasil-de-2022
Parceiros
SEJA UM PARCEIRO!
SEJA UM PARCEIRO!
SEJA UM PARCEIRO!
SEJA UM PARCEIRO!
SEJA UM PARCEIRO!
EPIRA
SEJA UM PARCEIRO!
COGNITOS
ANUNCIE AQUI
ANUNCIE AQUI
ANUNCIE AQUI
ANUNCIE AQUI
ANUNCIE AQUI
COGNITOS
ANUNCIE AQUI
 
Home Sobre o site Contato Anuncie
Valid XHTML 1.0 Transitional
Atenção: O Guia Metalúrgico não se responsabiliza pelos anúncios constantes de seu site, que são de responsabilidade exclusiva de cada anunciante
Copyright © 2012 - Guia Metalúrgico, Todos os direitos reservados. Desenvolvido pela   |