Central do cliente
Esqueci minha senha
Home Contato
Home » Notícias
O segredo do sucesso de 7 brasileiros realizados na carreira
Postado em: 25/08/2013
O segredo do sucesso de 7 brasileiros realizados na carreira
Técnico de vôlei Bernardinho: “Eu diria que o talento conta muito, mas não tanto quanto a perseverança“

Brasileiros renomados contam o que fizeram de especial para obter sucesso na profissão

São Paulo - Qual é a diferença de Mark Zuckerberg, criador da rede social mais popular do mundo, para os outros programadores? Ou o que distingue Jessica Watson, menina que aos 16 anos velejou ao redor do planeta sozinha, de outras adolescentes? Pessoas mundialmente reconhecidas por suas realizações têm atitudes e valores diferentes da maioria dos profissionais?

Com essa dúvida, o casal de americanos Camille Sweeney e Josh Gosfield entrevistou dezenas de homens e mulheres renomados em sua área de atuação, do mercado corporativo às artes, passando pela ciência e pelo esporte. Estão lá a atriz Laura Linney, o consultor Guy Kawasaki, o piloto Helio Castroneves e o presidente do site Zappos, Tony Hsieh.

A coletânea de depoimentos está no livro The Art of Doing ("A arte de fazer", numa tradução livre), ainda inédito no Brasil e vendido na Amazon por 13 dólares. Conforme faziam as entrevistas, os autores perceberam que elementos como capacidade de vender bem o próprio peixe, persistência e autocontrole, entre outros, são comuns a quase todas as pessoas bem-sucedidas.

E representam fiéis aliados às peculiarida­des de cada um. Seguindo a receita do livro, VOCÊ S/A perguntou a sete profissionais brasileiros renomados em sua área o que eles fizeram para chegar aonde chegaram. As respostas você lê a seguir.

 

1 - Bernardinho,54, treinador da seleção brasileira de vôlei masculino:

"Perseverança vale mais que talento"

"Sucesso para mim é ter desempenho de excelência ao longo do tempo. Para vencer no esporte, você precisa ter caráter e seguir princípios essenciais.Eu diria que o talento conta muito, mas não tanto quanto a perseverança. Como no vôlei, em qualquer área que você trabalhe vai haver uma equipe, e o esforço coletivo precisa funcionar bem. Como empresário, busco utilizar as lições do esporte no mundo corporativo."

 

2 - Marco Stefanini, 51, presidente da Stefanini, uma das principais empresas de TI do Brasil:

"Um olhar além da crise"

"Sempre acreditei que o sucesso vem mais da transpiração que da inspiração. É fundamental saber fazer do limão uma limonada. Tenho uma relação próxima com os clientes e colaboradores e nunca deixo de ouvir a opinião de todos e usar a autocrítica para me aprimorar constantemente. É importante trabalhar com energia, flexibilidade mental e humildade intelectual."

 

3 - Luis Fernando Verissimo, 76, escritor:

"Ouvinte atento"

"Se há um segredo para o sucesso é segredo até para mim. Competência para vender livros nem sempre significa qualidade, e competência para escrever bem não garante vendas. Pretendo sempre agradar a mim mesmo com o que escrevo e espero que o gosto do público coincida com o meu. Talvez o fato de ser introspectivo e gostar mais de ouvir do que de falar seja determinante, e isso vale para muitas outras profissões."

 

4 - Rodrigo Oliveira, 33, chef do restaurante Mocotó:

"O melhor ingrediente"

"Ajudava meu pai no restaurante desde os 13. Lavei tanto prato na vida que virei 'Pia-hD'. Acabei apaixonado pela gastronomia. O diferencial do meu trabalho é oferecer o melhor de um ingrediente, que deve ser pensado como um meio e não um fim, pois o que determina a qualidade de um produto é o valor agregado. Percebi com o tempo que um bom chef, como qualquer líder, deve entender as necessidades dos clientes e dos funcionários."

 

5 - Zizi Possi, 57, cantora:

"Respeito à intuição"

"Minha música tem de ser reconhecida pelo conteúdo, e não por padrões de mercado. Respeitar a própria intuição  ao escolher um caminho  é o primeiro passo para ser feliz no trabalho, porque a coerência entre os sentimentos e as atitudes dá força para superar qualquer problema. Dar corpo às próprias ideias é mais importante do que ganhar dinheiro, porque o dinheiro é apenas uma consequência de um trabalho benfeito."

 

6 - Gustavo Kuerten, 36, tenista:

"Entrega apaixonada"

"Para ser um vencedor, é preciso estar aberto às oportunidades e saber lidar com todos os tipos de imprevisto, como um tenista que responde a problemas que surgem aleatoriamente durante a partida ou fora dela.Grandes resultados vêm com bom planejamento, equipe competente e muito trabalho. A conexão forte que estabeleci com os brasileiros por meio de minha entrega passional ao esporte facilitou o processo."

 

7 - Deborah Colker, 52, bailarina e coreógrafa:

"Disciplina em meio ao caos"

"Sou muito disciplinada e determinada. Ao mesmo tempo, sou caótica, criativa, impulsiva, intensa e insegura. Meu segredo é combinar responsabilidade com prazer no trabalho. Com essa seriedade, eu desenvolvo a liberdade, a expressividade e a coragem para bater meu próprio recorde.O bom profissional deve fazer o que ama, ser comprometido e saber quebrar o protocolo quando necessário. Para mim não existe não conseguir." 

Fonte: exame.abril.com.br/revista-voce-sa/edicoes/182/noticias/o-traco-dos-realizadores
GUIA 6 ANOS
Parceiros
SEJA UM PARCEIRO!
EPIRA
COGNITOS
SEJA UM PARCEIRO!
SEJA UM PARCEIRO!
SEJA UM PARCEIRO!
SEJA UM PARCEIRO!
SEJA UM PARCEIRO!
ANUNCIE AQUI
ANUNCIE AQUI
EPIRA
ANUNCIE AQUI
ANUNCIE AQUI
COM DOMINIO DA SAUDE LTDA - ME
COGNITOS
 
Home Sobre o site Contato Anuncie
Valid XHTML 1.0 Transitional
Atenção: O Guia Metalúrgico não se responsabiliza pelos anúncios constantes de seu site, que são de responsabilidade exclusiva de cada anunciante
Copyright © 2012 - Guia Metalúrgico, Todos os direitos reservados. Desenvolvido pela   |