Central do cliente
Esqueci minha senha
Home Contato
Home » Notícias
Indústria deve ter leve melhora no 2º semestre, afirma CNI
Postado em: 09/08/2013
Indústria deve ter leve melhora no 2º semestre, afirma CNI

De maio para junho, praticamente todos os indicadores industriais vieram positivos

 

BRASÍLIA - Os indicadores industriais de junho vieram positivos, segundos os dados divulgados na tarde desta quinta-feira pela Confederação Nacional da Indústria (CNI). Para o economista chefe da entidade, Flávio Castelo Branco, a tendência é que o desempenho da indústria no segundo semestre seja "moderadamente melhor" que no primeiro semestre de 2013.

A previsão da CNI é de uma expansão de 1% este ano em relação a 2012. Ele disse que embora o câmbio esteja mais favorável aos exportadores brasileiros, a alta da inflação e o aumento dos juros para conter a pressão inflacionária, que corroeram a renda real das pessoas, reduzem a atividade industrial.

O economista também espera ainda o resultado de medidas de redução de custo tomadas pelo governo no início deste ano, como a desoneração da conta de energia elétrica e das folhas de salário das empresas. "Os efeitos vão se materializando ao longo do tempo. Podemos ter um segundo semestre não tão favorável, mas deve haver uma retomada da atividade industrial no final do ano", avaliou.

Indicadores. De maio para junho, apenas a capacidade instalada ficou estável em 82,2%, exatamente o patamar de maio. Em junho de 2012, a capacidade instalada na indústria de transformação era de 81,9%, pela série dessazonalizada.

As vendas reais, que medem o faturamento do setor, subiram 0,5% em junho ante maio e 5,2% na comparação com junho do ano passado. As vendas reais acumulam uma alta de 5,3% no primeiro semestre em relação ao mesmo período de 2012.

As horas trabalhadas cresceram 2,2% na comparação com maio deste ano e 0,4% em relação a junho de 2012. No acumulado dos seis primeiros meses deste ano, as horas trabalhadas apresentam um aumento de apenas 0,1%.

O emprego na indústria de transformação subiu 0,2% em junho ante maio e 0,8% ante junho de 2012. O crescimento é de 0,5% no acumulado do primeiro semestre de 2013.

A massa salarial real, por outro lado, caiu 0,7% sobre maio, mas subiu 3% na comparação com junho de 2012. No acumulado do ano, a massa salarial real tem alta de 1,9% em relação a janeiro a junho do ano passado.

Fonte: economia.estadao.com.br/noticias/economia-geral,industria-deve-ter-leve-melhora-no-2-semestre-afirma-cni,161395,0.htm
GUIA 6 ANOS
Parceiros
SEJA UM PARCEIRO!
SEJA UM PARCEIRO!
COGNITOS
SEJA UM PARCEIRO!
EPIRA
SEJA UM PARCEIRO!
SEJA UM PARCEIRO!
SEJA UM PARCEIRO!
COM DOMINIO DA SAUDE LTDA - ME
ANUNCIE AQUI
ANUNCIE AQUI
EPIRA
EverNET - Sites e Sistemas Online
ANUNCIE AQUI
COGNITOS
 
Home Sobre o site Contato Anuncie
Valid XHTML 1.0 Transitional
Atenção: O Guia Metalúrgico não se responsabiliza pelos anúncios constantes de seu site, que são de responsabilidade exclusiva de cada anunciante
Copyright © 2012 - Guia Metalúrgico, Todos os direitos reservados. Desenvolvido pela   |